Höröyá é um grupo de música instrumental, da cidade de São Paulo, Brasil, composto por nove integrantes, que tem como influências as culturas tradicionais de países do oeste africano como Guiné, Mali e Senegal e diversas vertentes afro-brasileiras, como o samba e toques de candomblé, o afrobeat da Nigéria e de Gana e a musicalidade afro norte-americana, como o funk e o jazz.

A instrumentação segue a diversidade cultural das influências, com diversos timbres nas composições. Com instrumentos tradicionais africanos como ngoni, dunun, djembe, balafon, krin, sabar e tama soando junto com a brasilidade dos atabaques, berimbaus e cuíca e a contemporaneidade de guitarras, saxofones, baixo, trombones e trompetes, o grupo propõem uma nova musicalidade, ressignificando origens e influências das matrizes africanas.

Höröyá é uma palavra de origem Mandeng, cultura do oeste da África, que significa “liberdade”, “autonomia”, “dignidade” e foi o termo usado durante a luta anti-colonialista na Guiné, para a afirmação de seus caminhos e ideais.

O grupo Höröyá apresenta o show de seu segundo disco, Pan Bras’Afree’Ke Vol.1, com faixas que foram gravadas e produzidas entre São Paulo (Brasil), Bamako (Mali) e Bobo-Dioulasso (Burkina Faso), no Oeste da África. O disco tem como como conceito o movimento Pan Africano, conectando o Brasil com o Mali, Guiné, Senegal e Burkina Fasso.

Sob comando de André “Piruka” e com co-produção do grande maestro Cheick Tidiane Seck, um dos grandes nomes da música do Mali e do continente africano, as faixas contam também com a participação de outros grandes músicos locais, como Petit Adama Diarra e Barou Kouyate, que somam diversos timbres as faixas, com balafon, tama, kamele ngoni, djeli ngoni e os famosos teclados do maestro.

O Höröyá segue firme em sua proposta artística criando “possíveis e novas tradições”, propondo novos ritmos e caminhos para musicalidades de matrizes negras, africanas e da diáspora. As novas faixas aproximam toques de Candomblé e melodias de griots, com ritmos pungentes do funk e do jazz, com a personalidade característica do grupo.

A banda vem conquistando o público com suas poderosas apresentações. O show de lançamento aconteceu em um dos mais importantes palcos de São Paulo, o Sesc Pompéia, com a presença de Cheick Tidiane Seck.

Com uma proposta artística única, unindo o tradicional ao moderno, a música agrada um público amplo que vai do Pop ao Funk/Jazz. A apresentação do grupo funciona tanto em grandes palcos de festas ou festivais, como também em teatros. O show tem um formato que possibilita facilmente a participação de artistas convidados, sendo músicos ou dançarinos, tornando as apresentações ainda mais vibrantes e diferenciadas. Gravando seu terceiro disco, o Höröyá consolida-se como uma banda reconhecida e necessária da cena musical brasileira.

O Pan Bras’Afree’Ke Vol. 2 conta com novas participações especiais como: Chico César, o grupo Clarianas além de outros artistas do oeste africano.


• Abertura da casa: 23h

• Entrada:
R$0,00 _ até as 00h.
R$15,00 _ após 00h.

• Ingressos antecipados: https://bit.ly/2yXKLQr

• Proibida a entrada de menores de 18 anos

• Compre seu ingresso com a gente sem taxas adicionais: Lab Mundo Pensante (R Treze de Maio, 733 – Bela Vista – São Paulo – SP), das 14h às 22h

• Aceitamos dinheiro e cartões de débito Visa e Master

*No dia do evento é necessário apresentar RG na porta.

**Casa sujeita a lotação.


Mundo Pensante
Rua Treze de Maio, 830 – Bela Vista – São Paulo – SP
Tel:. 50822657
www.mundopensante.com.br


Curta nossa fanpage e receba atualizações: https://www.facebook.com/mpensante




Leave a Reply