Noites no Bixiga é o novo projeto do Estúdio Bixiga que recebe artistas do cenário atual, fortalecendo a diversidade cultural paulistana através de shows e oficinas do mercado musical.

No dia 02/5 recebemos Coco de Oyá!

Oyá, orixá dos ventos e das tempestades, é nossa homenageada. Guerreira de energia forte se aproxima mais dos terrenos consagrados tradicionalmente ao homem, assim como nos tambores das tradições afro brasileiras e indígenas, onde a presença feminina não é muito comum e em alguns casos nem é permitida. O trio é formado por mulheres que somam a força da percussão com a energia do sagrado feminino. O coco de roda é a maior influência rítmica, um estilo de origem discutível, muito conhecido no Nordeste, e disseminado culturalmente através do Quilombo dos Palmares, o nome é por conta do ritmo, inspirado na quebra do coco para retirada de amêndoas e sua forma musical é cantada acompanhada apenas por percussão.
Porém outros ritmos da cultura tradicional como coco rural, da zona da mata norte de Pernambuco, o Baianá alagoano e a Ciranda praieira estão presentes no repertório. Com canções autorais e cantigas da cultura tradicional. Com Rafaella Nepomuceno, voz, alfaia e voz, Kelli Garcia , vocal, ganzá, maracas e tamancos, Sthe Araujo, voz, caixa e atabaque.

Rafaella Nepomuceno idealizadora do grupo, percussionista e cantora popular, participa dos grupos: Dj Tudo e Sua Gente de Todo Lugar, Projeto Guarará, Fanfarra Mazel Tov, Banda Pilantragi, Grupo Cachuêra! Participa do tradicional grupo de Coco de Toré de Recife, Pandeiro do Mestre nas suas vindas a São Paulo. Estudou percussão brasileira em oficinas e vivencias com os mestres Eder “O”Rocha, Mestre Nico, Maurício Badé, Henrique Menezes e Pedro Bandera na escola de Percussão Brasileira Prego Batido.
Bacharel em Artes Visuais pela Unb –DF desde 2003, Faz exposições, performances e oficinas como arte Educadora em projetos Sociais.

Kelli Garcia integrante dos grupos “Cachuera!”e Abaçaí Balé Folclórico, também participou da Charanga do tradicional Afoxé Ilê Omo Dadá, sob direção de Allysson Bruno. Desde quando se mudou para São Paulo em 2003 estudou e tocou percussão com grandes mestres como Paulo Dias, Ary Colares , Eder “O” Rocha, Maurício Badé, Allysson Bruno e Mestre Nico. Para aprofundar seus conhecimentos musicais fez várias viagens a Olinda e Recife para aprofundar sua pesquisa sobre as culturas tradicionais.

Sthe Araujo é formada em percussão, por Gustavo Cék e artes cênicas no Teatro Macunaíma, onde já atuou em mais de 7 peças, Sthe Araújo faz parte da banda A Espetacular Charanga do França desde 2017 e do grupo de Maracatu Cia. Caracaxá desde 2014.

.:: Abertura da casa: 21h
.:: Entrada:
R$00 _ até 00h
R$15 _ após 00h

 

.:: Ingressos antecipados: http://bit.ly/cocodeoyaeb

.:: É permitida a entrada de menores de 18 anos acompanhados de um responsável legal

.:: Aceitamos dinheiro e cartões de débito Visa e Master

*No dia do evento é necessário apresentar RG na porta.

**Casa sujeita a lotação.


Estúdio Bixiga
Rua Treze de Maio, 825 – Bela Vista – São Paulo – SP
Tel:. 50822657
www.mundopensante.com.br


Curta nossa fanpage e receba atualizações: https://www.facebook.com/estudiobixiga